sexta-feira, 29 de junho de 2012

Apresentação

Começo aqui o que já devia ter começado há tempos.
Parece ser sempre assim: a gente corre atrás do prejuízo, porque não agarrou as oportunidades que a vida deu para se correr na frente.
Agora, só me resta recorrer àquilo que está ao meu alcance (e, talvez, também ao que não esteja) para chegar a minha meta: tornar-me melhor do que eu era.

Veremos,

Veronica.

0 comentários:

Postar um comentário